quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Criação


no princípio é o silêncio.
do vazio ao voo
habitar o vento
onde o grão é luz
e a palavra é gérmen.

ver o verbo romper a membrana
e sangrar.

(Celso Mendes)

4 comentários:

José María Souza Costa disse...

Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
Eu também tenho um, só que muito simples.
Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
Força, Paz, Amizade e Alegria
Para você, um abraço do Brasil.
www.josemariacosta.com

Suzana Martins disse...

Celso, você escreve com a intensidade do sentir.
Fico em silêncio absorvendo o vendaval dos teus versos!!!

Beijos

cirandeira disse...

E o teu verbo sempre contém o sangue vivo da poesia que carregas em tuas veias germinando
silenciosamente através do vento!

Beijos, poeta!

doni seo disse...

obat kuat

pemutih badan

obat asam urat

obat pelangsing

obat hernia

obat diabetes

obat herbal

game pc

obat kuat semarang